Pages

Search This Blog

17/02/18

Koh Lanta . Thailand

Koh Lanta era a ilha que estávamos mesmo a precisar! Uma ilha tranquila, com poucos turistas e muito pouco explorada. Não é a ilha mais bonita da Tailândia mas é de passagem obrigatória.
Infelizmente não tivemos muita sorte, foram 4 dias de chuva e céu cinzento, tempestades no mar e praias cobertas de lixo.
Por esta razão não conseguimos aproveitar as praias magnificas da ilha e as excursões a outras ilhas mais próximas, no entanto, explorámos a ilha de mota mesmo de baixo do vai e vem das chuvas.
Foi também durante esta semana que vivemos de perto a dura realidade da poluição nos oceanos, foi chocante caminhar por praias repletas de lixo (sobretudo plástico). 




É um facto que o problema da poluição não ocupa o topo da lista de prioridades destas populações, em que a principal preocupação está em sobreviver. No entanto, penso que com a sensibilização adequada, este poderia ser um problema resolvido a curto/médio prazo. Tem também de partir de nós fazer um esforço para reduzir a pegada ambiental e, por essa razão, essa foi uma das minhas resoluções de ano novo!


O que fazer:

. Alugar mota
Assim que chegámos à ilha alugámos mota no hotel e partimos à descoberta. A ilha é muito pequena e as estradas não são nada más em comparação com outras ilhas que visitámos. Só de mota conseguimos ver realmente o que esta ilha tem para nos oferecer. As primeiras horas na ilha relembram-nos algumas imagens que vimos na TV do tsunami de 2004, é impressionante que passados 13 anos ainda conseguimos ver vestígios de destruição.
(Espero que não encontrem elefantes pelo caminho, é sinal que a exploração desta espécie terminou!)

. Bamboo Bay Beach 
Uma das nossas praias preferidas. Apesar do tempo, é uma praia enorme com bares engraçados e comida optima! Fomos surpreendidos por uma (grande) família de macacos assim que chegámos à praia. Uma das coisas mais fascinantes desta ilha: é comum encontrar no meio da estrada vacas, macacos, elefantes, cabras, etc.



. Visitar a Old Town 
Como o nome indica, a zona mais antiga da ilha. Uma rua muito simpática com restaurantes e pequenas lojas que vendem de tudo um pouco. Foi impossível ficar indiferente aos produtos naturais feitos por eles, em especial a loção de côco com um cheiro maravilhoso!


. Mercados
Por si só os mercados na Tailândia já são uma das principais atrações e em Koh Lanta não é excepção. Perdemos a conta dos mercados que encontrámos pelo caminho com fruta fresca, comida ambulante e todo o tipo de "chinesices" que eles tentam vender a preços altamente inflacionados! 

. Koh Lanta National Park 
Mais uma vez, a melhor maneira de chegar é de mota. Podem parar nos viewpoints e tirar fotos magnificas.



. Street food 
Porque é impossível resistir à comida Tailandesa, a comida feita nas barraquinhas ou tuktuks à beira da estrada é sempre a melhor opção. Para além de ser muito mais barato a comida é deliciosa! 

. Emerald Cave 
Infelizmente não tivemos oportunidade de visitar, pois a partir de Maio torna-se complicado fazer algumas excursões porque o mar não o permite. No entanto fica na nossa lista para uma próxima.

. Sunsets 
Ao entardecer a chuva dava tréguas e proporcionou-nos os sunsets mais maravilhosos de sempre. 

. Praias a Sul
Kantiang Bay, Waterfall Bay (Ao Klong Jark) and Bamboo Bay (Ao Mai Pai).

. Four Islands Boat Tour
Mais uma vez, a chuva não nos deixou fazer o circuito das quatro ilhas para fazer snorkeling. Optámos por fazer um circuito mais pequeno de canoa.






A norte da ilha numa pequena peninsula, muito perto do porto de Saladan, fica o Crown Lanta resort. Por entre a floresta descobrimos este hotel incrível perfeito para descansar e estar em contacto com a natureza.
Com uma praia privada e um dos bares mais bonitos de toda a ilha, The Reggae Bar, onde vimos um por do sol inesquecível enquanto aproveitávamos a Happy hour.




Hope you love it
A.

Sem comentários:

Enviar um comentário

Subscribe to our mailing list:

Social

Follow

About:

About:
Designer . Illustrator . Daydreamer . Lisbon . its.andy.blog@gmail.com